Com quase 60 anos, tradição e modernidade se aliam no Mercado Municipal

Espaço é referência em gastronomia e lazer para curitibanos e turistas

Por João Cubas

Edição de Karen Sailer

 

Com 59 anos de história, o Mercado Municipal é uma das principais atrações turísticas de Curitiba. Por seus mais de 15 mil metros quadrados passam 3,1 milhões de visitantes por ano. Nos corredores, é possível encontrar quase 72 itens de origem regional, nacional e internacional. “Aqui se encontra o que há de melhor, em termos de comida, bebida e especiarias”, ressalta o gerente do Mercado Municipal, Julio Cesar Alves dos Santos.

Antes da sede inaugurada em 1958 nas imediações da Rodoferroviária, o Mercado já teve outras sedes. As primeiras, nas praças Zacarias e Generoso Marques (atual Paço da Liberdade), são do final do século XIX. O Batel também já foi sede do Mercado em 1914.  Foi o urbanista francês Alfred Agache que em 1943 propôs a construção atual.

Muitas mudanças ocorreram nestes quase 60 anos, na cidade e no próprio mercado. Porém, alguns comerciantes conseguiram transpô-las e ainda hoje batem ponto em várias das 362 lojas, box e bancas. Ao mesmo tempo, o mercado de orgânicos, a agenda de eventos culturais e os novos espaços construídos ao longo dos anos conversam com o tradicional e fazem do mercado um espaço único para todas as idades e gostos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *