Curitiba celebra Parada da Diversidade LGBTI

“O que eu tenho a ver com isso” foi o tema da manifestação deste ano

Por Raisa Toledo e Juliana Firmino

A décima edição da Parada da Diversidade LGBTI de Curitiba foi realizada no dia 5 de novembro, no centro de Curitiba, contemplou pela primeira vez os Interssexuais, pessoas com anatomia sexual ou reprodutiva que não se encaixa por completo nas definições de sexo feminino ou masculino. Também pela primeira vez a manifestação teve um hino composto especialmente para a ocasião. “Amar não é pecado” foi interpretado pela cantora curitibana Noemi Carvalho.

Os manifestantes dançaram e cantaram no percurso da praça 19 de Dezembro até a Praça Nossa Senhora de Salete, onde mais tarde assistiram a shows como o de Mc Mayara. O evento teve entre os apoiadores movimentos sociais, sindicatos e o Transgrupo Marcela Prado, e foi realizado em parceria com a Uber.

Apesar do risco de chuva, os organizadores estimam que 60 mil pessoas compareceram ao evento. O número divulgado pela Polícia Militar foi de 10 mil participantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *