Franceses criam pilha que “dura para sempre”

A pilha "infinita" (Foto: Divulgação)
A pilha “infinita” (Foto: Divulgação)

Uma ideia acaba de inovar o mercado de baterias. A Pilo, uma pilha sustentável, requer apenas que você a agite por três segundos para recarregá-la.  Por ser reaproveitável e não conter elementos tóxicos, é uma resposta a constante necessidade de energia móvel e ao descarte desenfreado de pilhas e baterias. Hoje, o Brasil produz cerca de 800 milhões de pilhas por ano, que acabam por poluir o meio ambiente.

O segredo é que, ao contrário das pilhas comuns que precisam de energia elétrica de tempos em tempos, a Pilo usa energia cinética para recarregar. Por causa dessa recarga curta e constante, a pilha funciona melhor em equipamentosque usem pouca energia e em pequenos picos, como é o caso do controle remoto.

A empresa MxM, composta por jovens franceses, está desenvolvendo a Pilo há oito anos. Até hoje ela é o único produto que a empresa fabrica. De acordo com Nicolas Toper, diretor executivo e criador da Pilo, o plano daqui para frente é apenas consolidar a pilha no mercado. Empresas como a Apple e a Microsoft já estão pesquisando há tempo sobre a “pilha infinita”, porém só a MxM conseguiu ir tão longe a ponto produzir um produto comerciável.

Nicolas Toper, diretor executivo da MxM (Fonte: Divulgação)
Nicolas Toper, diretor executivo da MxM (Fonte: Divulgação)

Toper conta que a ideia veio de maneira simples. “É como dizemos aqui na França, a necessidade é a mãe das invenções. Eu estava fazendo uma caminhada na Colômbia e precisei usar a internet, mas a bateria do meu computador tinha acabado. Achei que deveria haver uma maneira mais eficiente de armazenar energia”. Com essa ideia em mente, Nicolas Toper se uniu com outros seis colegas e criaram a Pilo.

A engenharia da pilha

 Urbain Prieur foi o engenheiro que transformou a ideia em algo concreto, segundo ele, o grande diferencial da pilha está no pequeno gerador que transforma movimento em eletricidade. “O gerador é muito compacto para caber na pilo. A Pilo não precisa estocar muita energia porque é muito fácil recarregá-la. Essa pequena quantidade de energia liberada por vez é que tornou possível uma pilha ‘amiga do meio ambiente’ já que não foi preciso usar produtos tóxicos”.

Urbain Prieur, engenheiro da MxM (Fonte: Divulgação)
Urbain Prieur, engenheiro da MxM (Fonte: Divulgação)

O engenheiro afirma que ainda estão sendo feitos estudos sobre o produto e por isso é difícil afirmar dados com muita precisão, mas já foi comprovado que sacudir o controle remoto por três segundos com movimentos leves é suficiente para mudar o canal da TV. Quanto mais se sacode a pilha, mais energia ela vai estocar, mas existe um limite de estoque, que neste caso ainda não é muito grande.

Apesar das muitas duvidas sobre a pilha,UrbainPrieur tem certeza sobre a durabilidade do produto. “A pilha é para durar praticamente ‘para sempre’. Isso quer dizer que desenvolvemos a PILO para durar o máximo possível e não usamos nenhum produto com vida curta. Nada dura para sempre, mas a Pilo vai durar o mesmo tanto que o seu controle remoto, se não mais! Definitivamente vai durar muito mais que uma bateria comum” afirma.

Já está sendo feita a pré-venda das pilhas pelo site http://www.pilo.cool/, o par de pilhas custa 10 euros.  Os produtos adquiridos pelo site serão entregues mundialmente a partir de outubro deste ano, sujeitos a taxas de importação. Os donos da empresa estão tão confiantes no produto que prometem devolver o dinheiro no caso de insatisfação.

You May Also Like