INTZ vence a primeira etapa do Circuito Brasileiro de League of Legends

O jogo de estratégia League of Legends já tem – de acordo com a Riot Games – mais de 67 milhões de jogadores, nos Estados Unidos o jogo já é tratado como esporte e os atletas recebem vistos de trabalho para competir torneios no país. As competições também acontecem aqui no Brasil, neste sábado, 18,  foi realizada a final da 1ª etapa do Circuito Brasileiro de League of Legends (Cblol). Esta é a única etapa presencial no primeiro semestre. Florianópolis recebeu os times INTZ e KeyD para uma série de cinco partidas. Quem conseguisse vencer três jogos, levantaria a taça. De maneira surpreendente, a INTZ fez exatamente isso: ganhou por 3 a 0.

Foto 1 Florianopolis recebe a final da primeira etapa dp Cblol Foto Guto Kuerten Ag RBS
Florianópolis recebe a final da primeira etapa do Cblol. (Foto: Guto Kuerten/Agência RBS)

Após quatro meses em uma etapa de grupo único que continha oito times (além de INTZ e Keyd, participavam também Pain, CNB, Dexterity, Jayob, Kabum Black e Kabum Orange), seis equipes se classificaram para a fase eliminatória. As duas finalistas realizaram ainda um confronto de desempate, para decidir quem ficaria na primeira posição. A INTZ ganhou e ficou em primeiro lugar geral dessa fase. Classificadas diretamente para as semifinais, as duas equipes não tiveram problemas para chegar à fase da capital catarinense: INTZ e Keyd venceram por 3 a 0 Pain e Kabum Black, respectivamente.

As partidas

Com início a partir das 13 horas de Brasília, Keyd e INTZ começaram as escolhas de campeões e de banimentos. Cada time tem direito a banir três campeões. Após essa escolha, começou a formação de times. Feitas em pares, os times passam a possuir uma ideia da estratégia com bases nas escolhas do adversário.

A Keyd optou por um time que não estendesse o jogo, enquanto a INTZ fez exatamente o contrário, apostava em um jogo longo.

A primeira partida se mostrou nervosa pelo lado da INTZ. Estreando em finais nacionais e com alguns jogadores que participam do Cblol pela primeira vez, o time se mostrou receoso. A Keyd começou dominando, conquistando pontos estratégicos, e marcando 2×1. O jogo se estendeu nessa situação, a Keyd avançando e a INTZ tentando se defender como podia.

Mesmo chegando a derrubar boa parte da base  do oponente, a Keyd não conseguiu finalizar. A INTZ começou a virar ao jogo aos 40 minutos, preparando uma armadilha para os adversários. A emboscada resultou em danos muito sérios para a Keyd  que perdeu o domínio da partida e não conseguiu mais segurar o ímpeto da INTZ.

Foto2 - Jogadores INTZ e comentaristas chegando ao local da competição Foto Divulgacao
Jogadores INTZ e comentaristas chegando ao local da competição. (Foto: Divulgação CBlol)

A partir disso, o momento psicológico começou a ser favorável para os estreantes em finais. Segurando as investidas da Keyd com o jogador Tockers, a INTZ soube ser paciente e carregar o jogo até poder aproveitar um erro adversário. E ele veio através do topo da Keyd, Mylon, que foi pego fora de posição e ficaria mais de um minuto fora após sua morte. Aos 57 minutos de partida, a INTZ, conquistou a vitória em um jogo complicado.

Na segunda partida os times alteraram alguns campeões, como o banimento do campeão Azir por parte da Keyd, mas não mudaram suas estratégias. Keyd insistia em uma partida rápida e INTZ no jogo longo. Os objetivos das equipes indicavam uma repetição da partida anterior, o placar favorável mostrou uma INTZ mais confortável e agressiva. Aos 20 minutos o placar da partida já mostrava 9 a 5 para a INTZ, com direito ao seu atirador Micão se destacar nas batalhas. O principal momento da partida quando o jogador Yang imobilizou todo o time adversário e deu a vitória na batalha para a INTZ. Este lance garantiu o destaque da partida para o jogador. Aos 29 minutos mais um golpe mortal da INTZ: o roubo do Barão –  dominar o Barão (um monstro do jogo) garante um bônus de dinheiro e ataque para o time.

Foto Extra - Jogadores da INTZ recebem o trofeu Foto Felipe Vinha Techtudo
Jogadores da INTZ recebem o troféu. (Foto: Felipe Vinha/Techtudo)

Era uma questão de tempo para a finalização. Aos 31 minutos a INTZ ganhava a segunda partida.

O próximo jogo era tudo ou nada para a Keyd. Se ganhasse, forçava uma quarta partida, caso perdesse, acabava a primeira etapa do Cblol. Mesmo o time tentando se manter tranquilo, a composição escolhida não envolvia nenhum combo, e indicava que os jogadores queriam resolver sozinhos. E foi o que aconteceu no jogo. A INTZ manteve sua estratégia mais demorada e, diante das escolhas da Keyd, ganhou com o menor tempo até então. Aos 25 minutos, apenas três após a derrota do 1º Barão da partida (em contraste com os quatro Barões da primeira partida), o placar marcava 22 a 9 e o título para a INTZ.

Próximo Desafio
A vitória no primeiro semestre do circuito nacional garantiu à INTZ a participação no Wildcard Invitational – campeonato que reúne os melhores times da América Latina, Turquia, Rússia, Austrália, Tailândia e o Japão.
Disputado na Turquia dos dias 21 a 25 de abril, o vencedor do Wildcard ganhará uma vaga no Mid-Season Invitational, que é um mundial de meio da temporada. Acontecerá na Flórida, EUA, entre os dias 7 e 10 de maio.

You May Also Like