Mini pigs conquistam cada vez mais pessoas

Conhecidos pela sua inteligência, os mini porcos fazem sucesso entre quem busca novos animais de estimação
Por Nicolle Schumacher

Após a repercussão de diversas celebridades mundiais terem adotado mini porcos nos últimos anos – foram nomes como George Clooney, Miley Cyrus, Paris Hilton e David Beckham, para citar alguns – esses novos animais de estimação conquistaram as redes sociais e estão ganhando um espaço, inclusive, na casa dos brasileiros. Os mini pigs, ou também micro pigs, considerados exóticos, pequenos, dóceis e inteligentes, podem chegar até 40 cm de tamanho, o que é equivalente ao porte de um cachorro médio. Pesando cerca de 30kg, eles apresentam uma longevidade de até 30 anos, mas vivem em média 18 anos.

Como explica a bióloga e consultora técnica do HiperZoo, pet center em Curitiba, Maria Angélica Vieira, essas são as características que mais chamam atenção. “Aumentou bastante a procura depois que saíram várias divulgações. Por serem considerados animais muito inteligentes e higiênicos, de fácil adaptação; e são totalmente diferentes de cães e gatos”, ressalta Maria.

Juliana Sperotto Brum, professora do curso de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Paraná (UFPR), garante que os suínos podem ser adestrados como outros animais – e adoram ganhar recompensas por isso. É o caso da mini pig do Rodrigo Coelho, escritor e youtuber conhecido nas redes sociais como “Pai do Ninão”. Dono da Soulwii há cerca de um mês, ele destaca que o mais surpreendente é a disposição desses animais. “Porcos são muito inteligentes e pouca gente sabe disso, a memória e facilidade com que gravam as coisas foi o que mais me surpreendeu”, conta ele.

Além de inteligentes e pequenos, quando pegos ainda novos, os mini porcos podem se adaptar facilmente a novos lugares e outros animais. Devido a seu comportamento tranquilo, demoram em média 3 dias (em casos mais extremos, 15 no máximo) para se acostumar à convivência em um novo ambiente. No entanto, como esclarece Juliana, eles têm tendência depressiva se tirados do lar quando mais velhos. “Quando adultos podem desenvolver comportamentos depressivos se separados do convívio comum,” complementa.

 

micro pigs
Soulwii, micro pig do Rodrigo Coelho (Foto: Rodrigo Coelho)

Como cuidar de um mini pig?

Os porquinhos podem viver em apartamentos e casas, mas gostam de espaços grandes, com grama para fazerem suas necessidades e passearem regularmente. “Necessitam de atenção, no mínimo, 6 horas por dia. Adoram colos e carinhos nas orelhas. É recomendado realizar, no mínimo, 2 passeios diários”, explica a bióloga Maria. Entretanto, existem casos diferentes, como a mini pig do Rodrigo. “O porco não sente a mesma necessidade de um cão em demonstrar afeto o tempo todo. É um animal mais na dele. Essa foi a primeira coisa que notei e que pode frustrar algumas pessoas”, comenta ele sobre seu convívio com a Soulwii.

Em relação à alimentação, eles costumam comer bastante e muitas vezes ficam obesos. Por conta disso, as refeições devem ser controladas, principalmente nos seis primeiros meses. O ideal é dar de comer 3 vezes ao dia, em porções de 50g, variando a alimentação entre frutas, legumes, verduras e ração própria para a espécie ou ração extrusada de papagaio. Depois do sexto mês de vida, devem comer 100g por refeição durante toda a vida.

Contudo, eles ficam mais agitados na hora de se alimentarem. “O porco é muito motivado por comida e pode se tornar muito genioso nessa questão. Pedindo comida o tempo todo e grunhindo alto caso não seja atendido”, conta o “Pai do Ninão”.

Para cuidados médicos, os micro pigs precisam tomar vermífugo (remédio contra vermes) a cada 6 meses e devem ser vacinados anualmente contra pneumoenterite e leptospirose. São animais limpos que gostam de tomar banho; é necessário lavá-los pelo menos uma vez por semana com shampoo neutro ou hipoalergênico, em água na temperatura ambiente, por conta de sua pele sensível. Além disso, é preciso hidratar a pele regularmente com hidratante de humano (sem perfume) e, caso seja exposto ao sol, deve passar protetor solar fator 15.

Assim, como exemplifica a consultora do HiperZoo, o gasto mensal com o animal seria em torno de 120 reais – incluindo alimentação, vacinas, vermífugos e consultas ao veterinário. É necessário ter disciplina na educação desse animal. “Para o convívio doméstico, o principal cuidado é manter a pele do porco hidratada e protegida, já que na fazenda ou chiqueiro eles mesmo fazem isso fuçando na lama. E a maior dificuldade é na questão da alimentação, pois eles comem muito”, esclarece Rodrigo.

 

Quanto custam e onde comprar?

Os preços para comprar um porquinho variam de acordo com a região; mas para se ter um mini pig de um criador confiável e que seja realmente dessa raça, o preço variar entre 1600 a 2500 reais.

 

Serviço:

HiperZoo: localizado em Curitiba – PR, na R. Des. Westphalen, 3448.
Telefone: 41 3078-0909
Email: contato@hiperzoo.com.br

MicroPig Brasil: fica em Vargem Grande Paulista – SP, na Rodovia Bunjirro Nakao no km 53,5
Telefone: 11 4717-4081
Celular: 11 98155-2244

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *