UFPR oferece aulas gratuitas de yoga à comunidade

Alunos relatam os benefícios da prática

Por João Cubas

Autoconhecimento, saúde e bem-estar. Estes são os benefícios apontados pelos participantes das aulas de yoga da UFPR, que acontecem duas vezes por semana no prédio histórico, ao lado da Praça Santos Andrade. A iniciativa faz parte da preparação do Coro da UFPR – um dos grupos artísticos mais tradicionais da Universidade, com quase 60 anos de existência. Além dos coristas, a comunidade também pode participar das aulas de yoga de forma gratuita.

As aulas são ministradas pelo Rodrigo Luiz Bora, que além de professor bolsista de yoga, é músico e integrante do coro. Ele relata que o público participante é bem variado: “Temos desde vestibulandos até pessoas com mais de 60 anos”. O que não varia são os relatos de que a prática faz bem para o corpo e para a mente.

Embora façam parte das atividades dos coristas da UFPR, as aulas contam hoje com 2/3 dos participantes oriundos da comunidade externa. (Foto: Rodrigo Luiz Bora)

Por meio das técnicas de respiração e posicionamento, pode-se fortalecer e dar equilíbrio ao corpo, além de alongá-lo de forma saudável, distribuindo as forças musculares. Para a relações públicas Priscila Sodré, que faz as aulas desde o ano passado, a respiração é o foco principal da aula. “(a respiração) é a nossa vida e a nossa morte a cada minuto. Essa é uma grande reflexão trazida pela filosofia yogue”, conta.

Rodrigo já fazia leituras sobre o assunto há mais tempo, mas pratica regularmente yoga desde 2011. Na UFPR, comanda as aulas há dois anos. “O yoga é uma filosofia que trabalha o corpo e a mente através de disciplinas tradicionais de quem a pratica, mas não uma religião”, ressalta.

 

Vivendo o aqui e o agora

As técnicas de controle de respiração e de posição corporal vão além de um simples relaxamento. “Em paralelo às praticas de respiração e posturas, há uma conexão interior consigo mesmo”, conta o estudante de engenharia civil, José Roberto Hino Junior, que participa das aulas desde o ano passado. Para ele, isso faz com que as pessoas olhem diversas situações sob novas perspectivas, com mais energia e reciprocidade.

Nesse sentido, Priscila Sodré sintetiza: “apesar de sermos pessoas complexas, o yoga nos ajuda a equilibrar melhor os nossos sentimentos e emoções frente aos estímulos externos e internos”. Ela percebeu os benefícios em 2015, durante uma viagem de férias. “Eu e uma amiga fizemos alguns exercícios enquanto contemplávamos a natureza. Aquele foi um momento chave de que aquilo era importante”.

Os participantes também enfatizam a ideia de que se deve aproveitar o presente e desfrutar o melhor que a vida pode oferecer: o agora. Para Piscila, que considera o yoga como uma “entrega ao autoconhecimento”, a prática é um dos passos para começar a valorizar coisas que podem parecer comuns, mas que são a chave para o equilíbrio e a serenidade.

 

Maria Lucia Daldegan, corista da UFPR, conhece o yoga há cerca de 40 anos e participa das aulas na UFPR há seis. “Você pode encarar só como uma prática física, tal qual o Pilates, por exemplo. Mas com certeza o yoga traz tranqüilidade, por você saber que é a sua respiração que te traz a vida e que se deve sempre estar consciente dela”, diz ela.

 

Bons pensamentos

Com o tempo, os praticantes de yoga desenvolvem uma auto-análise de

A prática do yoga permite, além do alongamento e fortalecimento, um exercício mental, que permite o autoconhecimento. (Foto: Arquivo pessoal de Priscila Sodré)

seus comportamentos e emoções. Priscila conta que uma noite, durante o jantar, começou a analisar fatos que não eram positivos. “Estava jantando e, de repente, parei e pensei ‘porque estou me lembrando de certas coisas se elas não me trazem um bom sentimento?’ Então voltei a me concentrar no que estava comendo e degustei de forma contemplativa aquele momento”, conta.

Para quem lida com pressões diariamente, o yoga trabalha questões como calma, paciência, foco e disciplina, de uma perspectiva que parte do próprio individuo. “Tento trazer amigos e familiares para a prática, mas a descoberta dos benefícios e vantagens da prática só virá de dentro para fora. Nada se compara a você descobrir por conta própria como o autoconhecimento te faz ser uma pessoa melhor”, relata o estudante José Roberto.

Outro ponto importante são os benefícios nos relacionamentos interpessoais. Maria Lucia acredita ter se tornado uma pessoa mais empática desde que começou a praticar o yoga, além de ter melhorado suas dores nos pulsos e costas.

Para participar das aulas, não é necessária inscrição prévia. Basta chegar com alguns minutos de antecedência, trazendo roupas leves. “A meditação me deixou mais feliz. Eu recomendo a todos a prática, pois deixa a vida mais leve, fluida”, aconselha o professor Rodrigo.

 

Serviço

Aulas de Yoga na UFPR

Segundas e quartas-feiras, das 19h às 19h50

Prédio Histórico da UFPR – 2º andar (Sala de Dança próxima ao Museu de Arte da UFPR).

Maiores informações – www.facebook.com/RodrigoBoraYoga

You May Also Like

2 thoughts on “UFPR oferece aulas gratuitas de yoga à comunidade

  1. Boa noite,
    Por acaso haveria a possibilidade de abrir uma turma para o período da manhã? Como aluna de um curso noturno na Reitoria, gostaria de ter acesso a esse programa.

    Grata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *